23 de abril de 2012

Prefeito de Cruzeiro do Sul é acusado de asfaltar ramal de sua fazenda com dinheiro público


Imprimir E-mail
Escrito por da Redação do Jornal Página 20
Sindicalista diz que Vagner Sales pavimentou uma estrada onde não mora ninguém e que dá acesso apenas à propriedade particular
 
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, já escolhido pelo PMDB e outros partidos de oposição como candidato à reeleição, deverá enfrentar novos problemas com a Justiça por acusações de utilização de recursos públicos em benefício de seus interesses particulares. Dessa vez o prefeito é acusado de gastos superiores a R$ 300 mil para o asfaltamento de quatro quilômetros em um ramal cujas obras não beneficiam absolutamente ninguém, exceto o próprio Vagner Sales, já que a estrada liga o centro urbano de Cruzeiro do Sul com a porteira de sua fazenda.
politica_210412_8.gif
SEGUNDO a denúncia, os recursos que financiaram o asfaltamento da estrada para a fazenda do prefeito foram obtidos, através de convênios, junto à Superintendência
da Zona Franca de Manaus (Suframa)
A estrada é conhecida como Ramal do Badejo do Meio, localizado após a ponte do Sacado da Alemanha, nas imediações da comunidade Canela Fina, numa extensão de 4 quilômetros entre a comunidade Boca da Alemanha, na BR-307, e a ponte do Canela Fina. Alguns também chamam a localidade de a “Estrada da Ufac”, porque dá acesso ao Campus da Universidade Federal do Acre.

Vereador cobra ação do MP

Quem sustenta a acusação contra o prefeito é o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cruzeiro do Sul (STR-CS), João Silva Nascimento, também conhecido como “Todo Feio”. O sindicalista chegou a tirar fotografias para provar que, de um lado e outro do ramal, não há moradores a serem beneficiados com as obras, já que as terras da localidade, em sua grande maioria, pertencem ao prefeito.
“É preciso que o Ministério Público veja a legalidade dessa decisão do prefeito [asfaltar um ramal sem moradores em detrimento de outros com grande densidade demográfica] porque, a nosso ver, isso caracteriza improbidade e desvio de recursos públicos para interesses privados”, disse o sindicalista. “Nós vamos acionar o Ministério Público porque, para nós, está provado que o prefeito fez a estrada apenas para beneficiar a própria fazenda dele. É uma grande vergonha o que o prefeito Vagner Sales acaba de fazer.”

De acordo com “Todo Feio”, há informações de que os recursos que financiaram o asfaltamento foram obtidos, através de convênios, junto à Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), com o objetivo de pavimentar ramais com alguma densidade demográfica. “O prefeito Vagner Sales é demagogo e mentiroso. Além de não recuperar um só quilômetro de ramal em 2011, asfaltou apenas a estrada que dá acesso à sua fazenda com recursos públicos”, acrescentou o sindicalista, ao lembrar-se de uma reunião ocorrida, segundo ele, na sede STR/CS, no ano passado, com um grande número de produtores rurais, representantes do governo do Estado e a presença do prefeito Vagner Sales.

Nessa reunião, foi apresentada, segundo “Todo Feio”, uma espécie de planilha com as demandas necessárias para garantir a recuperação dos ramais com vista ao acesso e escoamento da produção, além da melhor qualidade de vida na zona rural. “Foi uma grande reunião que deixou esperançosos os produtores. O prefeito fez um belo discurso garantindo apoio, mas na verdade foi tudo mentira e ele não realizou a recuperação de nenhum quilômetro de ramal em seu mandato. No dia de uma manifestação do Grito da Terra, novamente ele garantiu apoio aos produtores, mas de novo não cumpriu nada, é um mentiroso”, disse.

Para o sindicalista, chega a ser revoltante que o prefeito nada faça pelos produtores rurais e, quando tem uma oportunidade de fazer, como o asfaltamento de um ramal, direcione os recursos para beneficiar sua propriedade privada. “Isso mostra que o prefeito só está interessado em se dar bem. O prefeito não cuida nem da cidade, pois não vemos nada sendo feito. Mas o asfaltamento do ramal de acesso à sua fazenda ele mandou fazer bem rapidinho. Não há nenhuma lógica pavimentar um ramal que não beneficia nenhum produtor rural, em detrimento de centenas de pessoas que moram em ramais que ficam intrafegáveis durante o inverno.”

Esses é que deveriam ser beneficiados com pavimentação, e não um prefeito que conseguiu enricar através do serviço púbico”, acusou.

O outro lado

A reportagem do jornal Página 20 tentou, em Cruzeiro do Sul, ouvir o prefeito Vagner Sales sobre as acusações feitas por “Todo Feio”. Em contato por telefone com o assessor de comunicação do prefeito, Neto Vitalino, o repórter foi orientado a procurar o prefeito pelo telefone de prefixo inicial 99 e final 1515.  O telefone estava desligado. Num segundo contato com o assessor de comunicação da prefeitura de Cruzeiro do Sul, o repórter foi informado de que o prefeito estava em reuniões em Rio Branco e que não poderia falar. Informado do teor da denúncia do sindicalista, o assessor limitou-se a dizer, em tom de surpresa, que “Todo Feio” era um aliado do prefeito até recentemente. “Que coisa triste”, lamentou.

Dirigente destaca coerência do governo Tião Viana

Com a mesma intensidade com a qual atacou o prefeito Vagner Sales, o sindicalista João Silva Nascimento defendeu o governo do Estado na pessoa do governador Tião Viana. De acordo com o sindicalista, enquanto Vagner Sales não faz nada pela cidade de Cruzeiro do Sul e tampouco pelos trabalhadores rurais do município, procurando sempre responsabilizar o governo do Estado pela inércia no meio rural, o governador Tião Viana vem demonstrando que tem compromissos com o homem do campo.

“Nosso trabalhador rural quer estrutura, assistência e acompanhamento técnico para trabalhar de forma digna sem precisar pedir nada de ninguém. Não precisamos de esmola, apenas de respeito, e não podemos ver um político que não faz nada, falando mal do governo, como ocorre com o prefeito Vagner Sales”, disse o sindicalista. “Louvamos o apoio do governador Tião Viana e repudiamos o descaso com que o prefeito Vagner Sales tem tratado os trabalhadores rurais.”

O sindicalista fez os elogios ao governo do Estado em função do anúncio, feito pelo próprio governador Tião Viana, da liberação de R$ 2 milhões para investimentos e recuperação de ramais no Vale do Juruá ainda em 2012. Segundo ele, com esses recursos serão recuperados pelo menos 580 quilômetros de ramais do município de Cruzeiro do Sul.
politica_210412_9.gif
PREFEITO Vagner Sales é acusado de utilização de
recursos públicos em benefício de interesses particulares
“Essa é mais uma importante decisão do governador Tião Viana que beneficia os produtores rurais. Queremos agradecer de coração a sensibilidade do governador e sua vontade de apoiar com firmeza e recursos os trabalhadores rurais. Esse investimento vai garantir em tempo recorde a recuperação dos ramais do município que foram abandonados pelo prefeito Vagner Sales, que nada fez em seu mandato pelos produtores rurais”, desabafou o presidente do STR.

De acordo com uma reunião realizada ontem, em Cruzeiro do Sul, com a presença do secretário de Extensão Rural e Produção Familiar (Seaprof), Lourival Marques, e lideranças rurais de Cruzeiro do Sul, na sede regional do Deracre, o governo vai utilizar quatro patrulhas mecanizadas para trabalhar nos ramais do Projeto Santa Luzia e nos ramais da BR-307.

“Todo Feio” fez questão de destacar os investimentos feitos pelo governador Tião Viana para garantir dias melhores aos produtores rurais, trabalhando em parceria e usando as planilhas apresentadas pelo sindicato como forma de identificar as prioridades dos trabalhadores. “Em 2010, quando assumimos o STR/CZS, encontramos muitos problemas que precisavam de urgência na solução. Decidimos buscar apoio do poder público e inicialmente a diretoria priorizou a realização de medição dos ramais e levantamento dos trechos mais críticos por localidade, que resultou em dados para planejamento e apresentação de propostas ao governo do Estado e à prefeitura. Graças a Deus conseguimos o apoio imediato do governador, mas até hoje o prefeito só enganou os trabalhadores com discursos bonitos e mentirosos. Temos que agradecer ao governo do Estado, que está nos beneficiando, mas daqui para frente vamos cobrar a responsabilidade do prefeito, que nada tem feito”, disse.

Limpeza de rios

De acordo com “Todo Feio”, logo depois de entregar as planilhas ao governo do Estado, foi iniciada a parceria que garantiu investimento para recuperação dos ramais. Em 2010 foram R$ 200 mil. Em 2011 foram mais R$ 400 mil, e em 2012 o anúncio de R$ 2 milhões superou todas as expectativas, destacou o sindicalista.
politica_210412_10.gif
SINDICALISTA conhecido como “Todo Feio” faz
novas acusações contra o prefeito Vagner Sales
“Não podemos esquecer que o governo do Estado já pavimentou 10 quilômetros do Ramal 3 com asfalto e anunciou a pavimentação de mais 10 em 2012, além de atender reivindicações do sindicato, garantindo açudes para criação de peixe, quatro mil toneladas de calcário para recuperação do solo que vai beneficiar duas mil famílias, mecanização da terra e assistência técnica para instruir os produtores. Estou muito feliz com esse governo porque ele atendeu nossa planilha. É um governo diferente, que tem diálogo com o povo e com os movimentos sociais, enquanto o prefeito nada faz, nem discute com a classe, e fica apenas nos discursos bonitos”, disse.

Outra conquista anunciada pelo presidente do STR foi a limpeza dos rios Campinas e Lagoinha, em mais uma parceria com o governo do Estado.

Os trabalhadores rurais vão entrar com a mão-de-obra e o Estado vai garantir os recursos para desobstruir os rios e garantir melhor acesso. “Essa é a grande parceria na qual todos ganham, pois não podemos só ficar esperando pelo governo.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário