25 de outubro de 2012

Petecão se ausenta para depor e mente durante coletiva


Petecão se ausenta para depor e mente durante coletiva
Depois de tentar, sem sucesso, tapear a boa fé do povo do Acre e de parte da população do Brasil, por meio da Rádio Senado, Agência Senado e de sítios (jornais eletrônicos) da capital e do interior, onde afirmou que sua casa teria sido alvejada por vários disparos de arma de fogo, Sérgio de Oliveira Cunha, o senador Petecão (PSD/AC), teve a desfaçatez de afirmar ter feito tudo para não dar conotação política ao episódio. A polícia técnica realizou perícia minuciosa na residência do senador e, nas edificações da casa, os peritos não encontraram quaisquer vestígios de impacto, causado por arma de fogo.
Desmascarado perante a sociedade o político que deveria dar exemplo, afinal, ocupa o cargo de senador da república, convocou a imprensa na manhã de terça-feira, 23, e despejou mais uma quantidade de aleivosias. Aos jornalistas que cobriam o evento, teve a afetastes de afirmar que não chamou a polícia e que não foi ouvido na delegacia. Disse também que a vizinha dele, testemunha chave do caso, não foi ouvida pela polícia.
Sérgio Petecão, além de mentir de novo, durante a coletiva, se quer, mostrou algum local de disparos, que afirma terem atingido sua residência. Mostrando total desrespeito aos jornalistas acreanos e a população em geral, Petecão alegou que não foi ouvido em depoimento, mas omitiu ter sido convidado pelo delegado Roberth Alencar, a prestar esclarecimentos na delegacia juntamente com sua companheira. Ele não compareceu nem justificou a escusa do casal, a oitiva na Delegacia Itinerante, onde os fatos foram apurados.
Na unidade de polícia itinerante a vizinha do senador, senhora Karine Florêncio de Matos, prestou depoimento, onde declarou que mesmo assustada com a tentativa de assalto que presenciara, teve na abordagem do político, no primeiro momento, a indagação da venda de um terreno. Outros quatro jovens que Petecão tentou envolver no episódio, também foram ouvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário