Estudantes de educação indígena estão abandonados em Cruzeiro do Sul


Apesar de estarem hospedados em um hotel no Centro de Cruzeiro do Sul onde são ministradas as aulas em módulos, os alunos do Curso Modular de Educação Indígena do Campus da Universidade Federal do Acre estão se sentindo constrangidos por estarem gastando recursos públicos sem retorno.

Há duas semanas, eles estão sem aula e sequer recebem explicações da Universidade sobre a ausência dos professores, segundo informou o estudante Nany Yawanawa .

A maioria dos alunos já leciona nas aldeias de diferentes etnias da região. Os índios relatam ainda, as dificuldades que enfrentam deixando as famílias para apostar no sonho da formação.

A coordenadora da Organização dos Professores Indígenas do Acre, Francisca Shanenawa disse que está formulando um documento para a publicação pedindo o apoio da Funai e Ministério Público para uma negociação junto à Ufac. Para ela, o resto do estado não sabe que o curso existe e definiu como abandono a situação vivenciada pelos estudantes.

Da redação do Site Juruá online

Share this:

Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário