23 de dezembro de 2013

Muita Política neste Natal



Muita Movimentação 

Quem esperava que as movimentações políticas, dessem uma esfriada por conta do período natalino enganou se. 

Na oposição o cenário teve poucas alterações, Márcio Bittar do PSDB, Gladson Cameli do PP e Flaviano Melo PMDB, continuam fechadinhos na aliança firmada pelos mesmos.

Bocalon do DEM, Henrique Afonso PV e Sérgio Petecão do PSB, continuam na busca de consolidar este segundo bloco oposicionista. Levando se em conta que, o Senador Petecão se articula para ser o comandante deste grupo. Petecão corre calado para se viabilizar como candidato a governador, só falta combinar com Henrique Afonso PV e Tião Bocalon do DEM, ambos também postulantes a esta candidatura.

A tendência desta chapa é Petecão Recuar da disputa e ser o comandante do processo, tendo Henrique Afonso Pra Governo, Bocalon ao Senado.

Na FPA, o quadro ainda é indefinido. Tião Viana está consolidado e os partidos da Frente já reafirmaram apoio incondicional a sua reeleição. Existe uma discussão a cerca da candidatura de vice. O PEN Partido Ecológico Nacional pressiona a cúpula da FPA, na tentativa de indicar o vice da legenda na disputa.

Definição do Senado

A FPA deve chancelar a candidatura unificada da deputada Perpétua Almeida PCdoB, Como candidata a senadora. Um nome de peso e com todas as condições de enfrentar a única vaga em disputa. A disputa de senado é tão ferrenha quanto à de governo, por tanto Tião Viana precisa de uma candidatura sólida e Perpétua tem os requisitos.

Não existe esta possibilidade

Boatos de um colunista dão conta de que o PCdoB aceitou abrir mão de disputar a cadeira de federal em nome da candidatura de Perpétua ao Senado. A informação não procede, pois não existe possibilidade dos comunistas adotarem um candidato a federal de outra sigla, abrindo mão assim, de permanecer com uma cadeira na câmara federal. Para esta missão, estão em discussão os nomes de; Edvaldo Magalhães e Moisés Diniz.

Terra e ninguém

A disputa de deputado federal terá um campo aberto, pois Perpétua Almeida, Marcio Bittar, Gladson Cameli e Henrique Afonso, não disputarão mais suas reeleições. Principalmente a região do Juruá, onde todos tiverem largas votações.

O povo está Ligado

Os políticos que costumam ganhar eleições, fazendo as listinhas de compra de votos que se cuidem, pois depois dos movimentos de junho; ficou um sentimento na sociedade de moralizar a nossa política e com isso muitas surpresas podem surgir.

Candidatura de Juventude

A Juventude precisa pautar mais os processos de disputas, ser protagonista dos grandes embates. Ocupar espaços importantes de poder é de fundamental importância, para reoxigenar nossa representatividade. 

A UJS – União da Juventude Socialista amadurece a ideia, de lançar um de seus quadros para disputar uma vaga na ALEAC. No ano em que completará 30 anos, a maior entidade de juventude do País, pode fazer história no processo eleitoral de 2014.

Pode até ter sido uma boa iniciativa a revitalização da praça central de Cruzeiro do Sul, mas é de se questionar uma reforma do tipo da que está sendo feita, com um valor tão alto. Quatro milhões é muito dinheiro, por isso a segunda parte, precisa ser mais bem trabalhada que a primeira, pois a única coisa de novo que teve, foi uma pista de Skate, que por sinal muito mal localizado. 

Precisa melhorar o desempenho

O Legislativo de Cruzeiro do Sul, precisa melhorar sua atuação em 2015. Pouco produziu neste primeiro ano de mandato. Por ter maioria ao seu lado, o prefeito de Cruzeiro pouco se preocupou, com denuncias ou com questionamentos que atinjam sua gestão. O que se ver são vereadores que desviam as instituições municipais e focam somente nas deficiências da gestão estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário