8 de julho de 2016

A Câmara de Vereadores que Cruzeiro do Sul Não Desejou Ter!


O povo Cruzeirense tem se perguntado muito ultimamente; Qual o protagonismo do poder legislativo municipal mesmo?



Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul

Poder de fiscalizar:

Um dos poderes mais importantes dos vereadores é o de fiscalizar tudo o que a prefeitura faz, principalmente na aplicação de recursos para melhorar a cidade da forma como está previsto na lei orçamentária aprovada.
A principal obrigação dos vereadores é participar ativamente das sessões da Câmara Municipal. Além disso, ele deve estar por dentro dos acontecimentos de sua cidade, trabalhar para solucionar os problemas dos cidadãos, acompanhar as obras públicas realizadas pela prefeitura, acompanhar a criação de comissões, fóruns e comitês, trabalhar junto aos movimentos sociais e serem cidadãos exemplares.
Além de grandes poderes e grandes responsabilidades, os vereadores também têm benefícios para poderem exercer sua função bem.
“Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades”. Mas então quais são as responsabilidades dos nossos vereadores?

Pergunta fácil de ser respondida, quando analisado o cenário político local. A grande maioria dos vereadores são controlados pelo Prefeito Vagner Sales do PMDB, que faz daquele poder, uma extensão de sua administração.

Alguns parlamentares estarão daqui uns dias cara a cara com a população novamente, daí eu pergunto; o que vão prometer mesmo? O que irão apresentar de resultado fruto da batalha política desta legislatura? 

O povo cobra na hora certa, quatro se indo e a prestação de contas com a sociedade é inevitável. Uma cidade parada no tempo, que tem um prefeito que não consegue planejar um palmo a frente do nariz, quanto mais projetar um crescimento cultural e econômico de uma das cidades mais importantes da Região Norte.

Cultura

Cultura para essa gestão é distribuir Pipoca e bombons no dia das crianças na praça do Centro Cultural e aí eu digo; Pobre Juventude, pobre agentes Culturais. Onde acontecem as oficinas teatrais, de musica e arte, incentivadas pela Gestão?

Esporte

Esporte para ele é ter acabado com a história linda e autonomia das Ligas esportivas, para ao invés de apoiar, ele mesmo executar pequenas atividades, que possam lhe render umas palmas na entrega das medalhas e troféus, sem falar no estádio O Cruzeirão, que amarga três anos de paralização.

Emprego

O que tem feito mesmo esta gestão na política de inclusão profissional? Quais parcerias marcantes com as instituições da Rede S e outras, que possam proporcionar ao jovem de baixa renda um perspectiva de qualificação pro mercado de trabalho?  Que programa de estágio a prefeitura desempenha, para contribuir com nossos estudantes, que sonham como essa possibilidade? Pois é meus caros irmãos Cruzeirenses, o que aconteceu? 

Esse povo que sempre foi tão crítico e lutador por suas causas, deixou de acreditar, que o poder está em si próprio?

Que possamos refazer nossa crítica voltar atenções para uma das grandes ferramentas de condução das políticas sociais; que é o Poder Legislativo.

Jacson Queiroz: Pré Candidato a Vereador pelo PCdoB