PF Desmonta Quadrilha que Atuava dentro da Prefeitura de Brasiléia

Prefeito e secretários de Brasileia são afastados durante Operação da PF

Operação ‘Metástase’ foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (14).
Trabalho investiga crimes relacionados a desvio de recursos públicos.

Operação da Polícia Federal em Brasiléia, no Acre (Foto: Alexandre Lima/Arquivo Pessoal) 
Operação da Polícia Federal em Brasiléia, no Acre (Foto: Alexandre Lima/Arquivo Pessoal)
 
O prefeito de Brasileia, Everaldo Gomes, e quatro secretários municipais foram afastados dos cargos em cumprimento à Operação “Metástase”, deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (14) no município. O ex-prefeito do município também foi preso durante a operação que investiga desvio de verba pública. Eles são acusados ainda de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, lavagem de capitais e falsidade ideológica.

saiba mais
 
O G1 tentou entrar em contato com o prefeito de Brasileia, mas até esta publicação não obteve resposta.

As investigações também foram realizadas pelo Ministério Público do Acre (MP-AC). A reportagem entrou em contato com o MP e foi informado que o órgão não vai se pronunciar sobre o caso devido às investigações ainda estarem em andamento.

No total, a polícia cumpriu 26 medidas judiciais. Dentre elas, 13 mandados de busca e apreensão, que incluiu também a capital Rio Branco; sete conduções coercitivas; um mandado de prisão; além dos cinco afastamentos de cargos públicos na atual gestão.

As investigações duraram um ano e meio,e foram analisados mais de 2 mil documentos. Ainda conforme a PF, a operação recebeu o nome de “Metástase” porque as investigações começaram com desvios na saúde e, posteriormente, a polícia descobriu que as irregularidades se estendiam em outras áreas.

A PF informou ainda que uma entrevista coletiva deve ocorrer ainda nesta quinta-feira para divulgar mais informações sobre a operação.

Share this:

Comentários