Deputado Paulo Pimenta faz indagações ao Juíz Sérgio Moro, que Correu do Debate sem Responder nada

Paulo Pimenta enquadra Sergio Moro que recua: ‘não vou comentar’



CONFRONTADO PELO DEPUTADO PIMENTA, SÉRGIO MORO SE RECUSA A RESPONDER. "NÃO VOU COMENTAR"
O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) criticou seletividade da justiça no Brasil, como nos caso Banestado; e a falta de medidas de combate à corrupção contra juízes e procuradores que vendem sentença. 
Durante a audiência, ao defender a adoção de leis americanas pelos juízes brasileiros, Sérgio Moro foi rebatido por Pimenta: "Quando se fala da legislação americana, imagina se um juiz de primeira instância nos Estados Unidos captasse de maneira ilegal uma conversa entre Bill Clinton , ex-presidente norte-americano, e Barack Obama e jogasse nas redes de televisão, qual teria sido a atitude da justiça americana? E então por que nós não pegamos esses exemplos para serem adotados no Brasil", questionou Pimenta.
O deputado também condenou a condução coercitiva, sem justificativa, do ex-presidente Lula, apenas para gerar manchetes nos meios de comunicação, e lembrou que essa arbitrariedade foi criticada até por ministros do STF como excessivas e desnecessárias.

Share this:

Comentários