31 de agosto de 2016

No Desespero, PMDB de Cruzeiro do Sul, Divulga Pesquisa de Junho


O Desespero Tomou conta do PMDB de Cruzeiro do Sul!

O Ministério Público Eleitoral e o TRE, Notificaram formalmente o prefeito de Cruzeiro do Vagner Sales, juntamente com os candidatos a prefeito e vice pelo PMDB: Ilderlei Cordeiro e Zequinha Lima, que a partir de agora tem 5 dias corridos para apresentarem suas defesas; em uma ação que são acusados de corrupção ativa e compra de votos. O escândalo tomou conta dos noticiários regionais e coloca em risco a candidatura do partido rumo a prefeitura da cidade.
Na Tentativa de achar uma saída positiva, o PMDB divulga outra vez, Pesquisa elaborada no Mês de Junho.
Vendo a queda livre da candidatura depois dos escândalos, o PMDB adotou uma tentativa de enganar e confundir a opinião pública e lançou uma ofensiva nas redes sociais. A idéia é divulgar uma pesquisa, feita no mês de junho, quando sequer as chapas tinham registros de candidaturas. Neste período a sua adversária Carla Britto do PSB por exemplo; estava com duas semanas que tinha seu nome definido, como a candidata da FPA na disputa.
Os recentes acontecimentos, envolvendo o homem forte do Prefeito Vagner Sales: Mario Neto, preso em flagrante pela polícia federal, quando tentava repassar 5 mil reais em espécie, para o presidente municipal do PSDB: Edson de Paula, tem tirado o sono do mandatário, que teme ser afastado do cargo pela justiça.
A  aflição do Coronel Sales aumentou ainda mais, depois da divulgação de um áudio; onde o prefeito aparece oferecendo R$ 5 mil, mais um emprego na secretaria de Assistência Social, para que o candidato a vereador do PSDB Clebisson Freire, abandonasse sua candidatura e se somar na campanha de um candidato do PMDB Romário Tavares, esvaziando assim a candidatura majoritária dos Tucanos.
Entenda o caso; Clebisson Freire, afirma que recebeu uma proposta de emprego além dos R$ 5.000. É possível confirmar isso em áudio gravado por ele. O áudio foi feito na segunda-feira, 22 de agosto, e tem cerca de uma hora e meia de duração. O que tem deixado o prefeito mais desesperado, é o fato do áudio conter a participação do então candidato a sucessão do PMDB: Ilderlei Cordeiro, que dar aval as negociações de Vagner, reafirmando o compromisso firmado por Sales.
Nesta terça feira, a Justiça eleitoral da cidade e o MPE - Ministério Público Eleitoral notificaram Vagner Sales, Ilderlei do PMDB e seu vice Zequinha Lima do PP, todos acusados de cooptação e compra de votos.
Temendo a cassação da chapa, o Prefeito iniciou uma ofensiva de defesa, que vai desde se desvincular se de Ilderlei e assumir a culpa sozinho, como uma séries de declarações de desencontradas com seu advogado.
O fato é que as tentativas não tem surtido muito efeito na cidade, que em cada roda de conversa o assunto é sempre o mesmo; fato que vem preocupando a cúpula do PMDB, que já ver o desgaste da candidatura do partido.
Pesquisa realizada pela Delta, Agência de Pesquisa ligada ao PMDB foi divulgada dia 05 de julho, mostrou na época que o pré-candidato do PMDB, ex-deputado Ilderlei Cordeiro lidera com 52,5% das intenções de votos. O pré-candidato do PSDB, Henrique Afonso, aparece em segundo lugar com 15,5%
A pré-candidata da Frente Popular, Carla Brito (PSB) aparece em terceiro, com 11%. A pesquisa foi encomendada por ac24horas. O instituto Delta ouviu 400 eleitores. Os que não sabem ou não responderam 16,5% – nulos e brancos totalizam 4,75%.
Os dados foram coletados nos dias 29 de junho e 02 de julho. A margem de erro é de 4,9% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada Justiça Eleitoral do Acre (TRE: AC-00523/216).

Por: Francisco Panthio