4 de agosto de 2016

Servidores Provisórios da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, Cobram do Prefeito Vagner Sales pagamento atrasado

Servidores denunciam que Prefeito Vagner Sales inchou a Folha de Pagamento com Aliados Políticos, de Olho na Eleição Municipal.


No Mês de Janeiro, uma turma de professores provisórios da prefeitura de Cruzeiro do Sul, já denunciava atraso de pagamento de salários, dobras, férias e inclusive 13º. A prefeitura contrata os profissionais por meio de análise de currículo, o que não permite movimentação pública e exposição dos mesmos, que ficam sujeitos a demissão.

Já estamos iniciando o mês de Janeiro e os problemas de atraso de salários continuam, a prefeitura contrata mais do que pode pagar; enche a gestão de cargos de confiança, nomeou aliados políticos pensando unicamente em eleger seu candidato.

Os servidores tem seus compromissos final de mês e não podem pagar pela incompetência do gestor. A imprensa pouco mostra, mas centenas de pais e mães, estão desesperados, sem ter dia  certo para pagar suas contas, pois chegar a ficar dois meses sem receber é um tremendo absurdo, relata um servidor da secretaria de saúde da prefeitura.

Uma das professoras denunciantes afirma que, por algumas vezes foram procurar a equipe gestora e eles diziam que não tem dinheiro e que não estão podendo ter mais gasto. A mesma se diz indignada, pois como pode; Isso é um absurdo, pois em educação não se gasta, se investe.

Sabemos que mesmo com a crise, o FUNDEB manda dinheiro para os gastos da educação, mas pelo o jeito esta não é a área prioritária do prefeito Vagner Sales, desabafa uma professora.

Tem denúncias graves sobre o desvio de recursos da merenda escolar. No ano de 2015 a prefeitura gastou menos do que veio do MEC com a merenda escolar. Não podemos permitir que escolas estejam caindo aos pedaços, professores desvalorizados e sem ânimo para trabalhar.

Onde está a câmara municipal? eles deveriam está na defesa do povo, mas preferem as benesses do poder, afinal muitos indicam cargos na administração e se tornam refém desse atraso que aí está; finaliza uma servidora revoltada. 

Ano passado, uma equipe da TV Gazeta, fez uma matéria especial, falando da vergonhosa situação em que se encontra nossas escolas, Veja o vídeo: