10 de agosto de 2016

Um Acreano estava entre os Militares da Força Nacional, baleados em Favela do Rio


Militares da Força Nacional são atacados a tiros na Maré, Rio

Eles teriam entrado por engano na Vila do João e carro foi baleado.
Ao menos dois militares ficaram feridos no ataque.

Do G1 Rio
Moradores da região se aglomeraram para acompanhar o resgate aos militares da Força Nacional atacados a tiros na Vila do João, no Conjunto de Favelas da Maré, Zona Norte do RioMoradores da região se aglomeraram para acompanhar o resgate aos militares da Força Nacional atacados a tiros na Vila do João, no Conjunto de Favelas da Maré, Zona Norte do Rio
Uma equipe da Força Nacional foi atacada a tiros nesta quarta-feira (10) no Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte do Rio. De acordo com as primeiras informações, ao menos três militares ficaram feridos. Eles teriam sido atacados ao entrarem por engano na Vila do João.

Entre os três militares feridos, um deles foi baleado na cabeça e socorrido em estado grave no Hospital Salgado Filho. Ele foi identificado como o soldado Helio Andrade. Ele precisou ser submetido a uma cirurgia de emergência.

O outro militar ferido foi o capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira. Ele foi atingido de raspão no rosto.

Em áudio, um dos militares contou que foi socorrido por um taxista. "Um táxi está me dando um apoio, está me levando para o hospital", contou.

Ainda segundo o militar, homens do Exército foram ao socorro da equipe. Eu fui atingido, o capitão Alen foi atingido, o motorista foi atingido. Tem um outro combatente também, ele tá atingido, ele ficou fora da viatura. A equipe do Exército está lá perto", diz ele.
Motorista do carro foi atingido na cabeça e socorrido em estado graveMotorista do carro foi atingido na cabeça e socorrido em estado grave