Enquanto Trabalhadores Rurais Sonham com Apoio, Prefeitura de Cruzeiro do Sul Abre Ramais no Amazonas

Por: Leandro Altheman e Elson Costa
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
Na última quinta-feira, uma equipe de reportagem flagrou uma patrulha mecanizada completa da prefeitura de Cruzeiro do Sul fazendo abertura e manutenção de ramais dentro do estado do Amazonas, no badejo de baixo.
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
A patrulha era composta por uma retroescavadeira, uma moto niveladora, um caminhão basculante e um rolo compressor. Todas as máquinas estão identificadas com a logomarca da prefeitura de Cruzeiro do Sul. Juntamente com as máquinas, encontravam-se também operadores e funcionários identificados com o uniforme da prefeitura.
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
Entre os terrenos beneficiados diretamente com a obra estão uma fazenda recém-adquirida pelo prefeito Vagner Sales, por meio de um suposto ´laranja´. Além desta propriedade, a obra também beneficia a fazenda do ´empresário´ Clovis Rosas, dono da empresa CP Rosas, vencedora da maioria das licitações de obras do município.
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
As obras estão bastante avançadas, a estimativa é de que esta patrulha já esteja trabalhando no local há mais de um mês.
Polícia Federal se negou a dar o flagrante
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
Acionada na quinta-feira (22/09), a Polícia Federal esteve com dois agentes no local na sexta-feira. O agente que conduzia a viatura da PF alegou que a chuva não permitia o acesso.
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
Na segunda-feira, A PF retornou ao badejo de baixo. O agente Edgar identificou as coordenadas do local onde estavam máquinas comprovando que as mesmas estavam operando há cerca de 25Km da linha Cunha Gomes já dentro do estado do Amazonas, em território pertencente ao município do Guajará.
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito
O flagrante não foi realizado mesmo diante da materialidade comprovada por fotos e vídeos. Na terça-feira, o mesmo agente alegou novamente a falta de efetivo para a não-realização do flagrante. Quarta-feira, chegaram informações extra-oficiais de que a PF teria ‘ouvido’ alguns funcionários. Ainda na quarta-feira o agente plantonista informou que o delegado Marcílio receberia a imprensa para prestar informações. Contudo, na quinta-feira, o delegado se negou a dar entrevista sobre o caso, alegando estar realizando oitivas.
Foto: Onofre Brito
Foto: Onofre Brito

Share this:

Comentários