Rindo da Justiça: Vagner Sales Nomeia Mário Neto para Secretaria de Administração e Gabinete


O Prefeito de Cruzeiro do Sul Vagner Sales, está demitindo os servidores provisórios, com cinco meses de salários atrasado. Em meio a dezenas de exonerações diariamente, uma nomeação chamou atenção:O Diário oficial do dia 21 de Outubro, trás a portaria de nomeação de Mario Neto, Para o cargo de Secretário de Administração e Gabinete.

Mário era homem de confiança e chefe de gabinete do Prefeito que foi preso em flagrante pela Polícia Federal, no momento em que tentava repassar cinco mil reais, para um candidato a vereador pelo PSDB, para abandonar a campanha de Henrique Afonso e declarar apoio ao candidato do PMDB Ilderlei Cordeiro.
Mário Neto e o então presidente do PSDB no Município: Edson de Paulla, pagaram fiança e estão respondendo processo na justiça em liberdade, por cooptação eleitoral e outros crimes contra a ordem pública. 
Tão logo o esquema ganhou os jornais de todo estado, a prefeitura imediatamente exonerou o mesmo e tentou subliminarmente, dizer que não tolerava com desvios de conduta. A exoneração não durou muito tempo, pois dois meses depois o cara mostrou que tem influência na cozinha do prefeito e retorna ao cargo novamente.
O caso terá sua primeira audiência no dia 7 de novembro e ao que tudo indica o prefeito Vagner Sales ri da justiça e faz pouco caso ao episódio que pode inclusive cassar a chapa do PMDB e provocar uma nova eleição no município.
O Judiciário tem sido afrontado constantemente pela gestão do município, que por nunca ter sofrido uma ação contra algum dos vários atos de improbidade, faz com que Vagner Sales desacredite que a justiça possa acatar qualquer medida contra suas decisões.
O que levaria o prefeito já no final do mandato, nomear o Mario Neto novamente e na situação de estrema confiança, que é chefiar seu gabinete?
Com um rombo financeiro na administração, o prefeito Vagner Sales está demitindo centenas de pessoas das mais diversas áreas da administração, sem pagar salários atrasados, que em alguns casos chegam a cinco meses.
O Grave é que faltando dois meses para o fim da gestão, certamente a prefeitura não encontrará uma solução para sanar a dívida com os trabalhadores e será mais um de tantos que ficarão ao sucessor Ilderlei Cordeiro. 
Ligamos para a prefeitura, para pegar informações sobre a nomeação de Mário Neto, mas lá ninguém estava autorizado a dar informações do caso.

Relembre o Caso:

Quando o fato veio a tona, o delegado da Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, Fabrício Santos da Silva confirmou na madrugada quarta-feira (24) de Agosto durante entrevista coletiva, que o chefe de gabinete do prefeito Vagner Sales (PMDB), Mário Neto e o presidente da executiva municipal do PSDB, Edson de Paula, foram presos em flagrante e são acusados do crime de corrupção eleitoral.
Fabrício Santos da Silva confirma que Mario Neto, teria sido flagrado de posse do valor de R$ 5 mil – dinheiro que seria usado para convencer um candidato do PSDB desistir de sua candidatura e apoiar a chapa do candidato à prefeitura de Cruzeiro do Sul pelo PMDB, Ilderlei Cordeiro. 

Por: Francisco Panthio

Share this:

Comentários