4 de novembro de 2016

Prefeito Marcus Alexandre acompanha segunda etapa da obra de revitalização do Mercado do Bosque

 Para espantar a Crise!

Concluída a primeira fase da obra de revitalização do Mercado do Bosque, a Prefeitura avança com a segunda etapa do projeto que inclui a construção de mais oito boxes, corredor de acesso aos banheiros e corredor central.A previsão é de que o trabalho esteja concluído ainda no mês dezembro quando também estará feita a ligação do Mercado com a nova galeria de lojas construída ao lado, o que deve aumentar o fluxo de consumidores para compras de fim de ano.  Nesta sexta-feira, 04, o prefeito Marcus Alexandre chegou cedo ao local. Acompanhado pela equipe da secretaria de Obras e empresa responsável pela execução do projeto, Marcus Alexandre inspecionou o trabalho realizado e orientou ações para a fase de acabamento da obra. “É uma etapa importante que nós estamos fazendo com todo cuidado, já que este é um mercado antigo e, para fazer uma boa obra, a gente tem que cuidar do detalhe. Estamos trabalhando para concluir esta fase ainda em dezembro, para, a partir de janeiro, avançarmos com a etapa final da obra”, destacou o prefeito.
O projeto de revitalização do Mercado do Bosque permitiu modernizar as instalações, melhorar pisos, telhado e fachada, mantendo detalhes da arquitetura original. A primeira etapa da obra contemplou 42 permissionários que agora trabalham em boxes dotados de toda a infraestrutura e atendendo exigências da Vigilância Sanitária. Os espaços ganharam novo sistema elétrico e hidráulico, forro, iluminação, pintura, pia em aço inoxidável e nova praça de alimentação.
Essa é a terceira grande intervenção feita no Mercado do Bosque. A primeira foi na década 90, pelo então prefeito Jorge Viana, e a segunda no ano de 2005 pelo prefeito Angelim.
 
Funcionando desde o ano de 1966, o Mercado do Bosque foi o primeiro a ser instalado em área fora do centro comercial de Rio Branco. Hoje é um importante comércio frequentado não só por quem mora no bairro Bosque, como por consumidores que se deslocam dos vários pontos da cidade em busca do tradicional café da manhã ou da diversidade de produtos vendidos pelos permissionários.
 
 
 
 

Da Assessoria
Fotos: Marcos Vicentti/Asscom