Sem Avisar, Prefeito de Cruzeiro do Sul suspende licença-prêmio de todos os servidores

Vagner Sales tem privilégio de não ter Oposição
 
3 de novembro de 2016
 
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB) mandou suspender a concessão de licença-prêmio a todos os trabalhadores públicos do município. A determinação está no decreto nº 179 de 27 de outubro de 2016, publicada no Diário Oficial na última segunda-feira (31). O Sindicato dos Servidores Municipais (Sisem), diz entrar na Justiça contra o decreto.

salisO prefeito diz que se baseia no artigo 64 da Lei Orgânica Municipal, que, segundo ele, veda o afastamento de servidores sem que haja funcionários para preencher os cargos vazios. A suspensão da licença-prêmio é por tempo indeterminado, e não afeta os funcionários que formalizaram o pedido até o início desta semana.

“Isso é uma falta de respeito com os servidores. Não temos nada ver com a situação financeira da prefeitura. Isso é culpa da gestão. Existimos para defender os servidores e vamos correr atrás desse benefício que é um direito dos servidores municipais”, disse Júlio César Correia, presidente do Sisem. A licença-prêmio é um benefício estatutário que dá ao servidor público direito de três meses de licença remunerada a cada cinco anos de atuação no serviço público.

A reportagem tentou falar com a assessoria do prefeito, através do telefone 68 3322 2427, mas não ninguém atendeu as chamadas.

Share this:

Comentários