13 de dezembro de 2016

Promotor alerta pais e alunos sobre violência e uso de drogas em Cruzeiro do Sul


Projeto ‘Compartilhando Responsabilidades’ – É pela escola que devemos recomeçar’ é uma iniciativa do promotor de Justiça Substituto Talles Ferreira

O promotor de Justiça Substituto Thalles Ferreira Costa, que atua na comarca de Cruzeiro do Sul, deu continuidade, na última terça feira (6), ao projeto ‘Compartilhando Responsabilidades - É pela escola que devemos recomeçar’. Em visita à escola ribeirinha Visconde do Rio Branco, às margens do Rio Juruá, ele alertou pais e alunos sobre violência e uso de drogas nas escolas.

O promotor ressaltou as funções do Ministério Público e como se dá a atuação na proteção de crianças e jovens. Ressaltou a importância de se garantir que os direitos sejam cumpridos, mas também frisou que a lei impõe inúmeros deveres aos jovens e à família. O promotor acredita que a responsabilidade deve ser compartilhada.

Na ocasião, Thalles Ferreira atendeu, individualmente, alguns alunos envolvidos em problemas dentro da escola e seus referidos pais. 

A comunidade escolar aproveitou o momento para tirar dúvidas com o promotor sobre algumas questões como mau comportamento, drogas, desacato no ambiente escolar, violência e dano ao patrimônio escolar.


Conscientização

O projeto é uma iniciativa do promotor Thalles Ferreira. A proposta é conscientizar pais e alunos sobre o uso de drogas e violência nas escolas, tendo em vista o momento vivido no estado, onde acirra-se a disputa e rivalidade entre facções criminosas. De acordo com o promotor, é hora de trabalhar para coibir que jovens sejam aliciados pelas organizações criminosas.

“É primordial que o Ministério Público esteja dentro das escolas nesse momento delicado vivenciado no estado do Acre. Faz-se necessário, ainda, discutir com os Poderes Públicos e a sociedade organizada um plano de enfrentamento à violência nas escolas e ao uso de drogas no ambiente escolar. O Ministério Público em Cruzeiro do Sul não envidará esforços para manter-se vigilante nesse ponto”, ressaltou o promotor.

O projeto ‘Compartilhando Responsabilidades - É pela escola que devemos recomeçar’ será levado a todas as escolas de Cruzeiro do Sul. Ao final, sucederá uma audiência pública para discutir um Plano de Enfrentamento à Violência e uso de drogas nas escolas. O plano será encaminhado ao Executivo e Legislativo municipais, onde será proposto, entre outros, a criação de um centro de convivência jovem.


Esta mensagem pode conter informações confidenciais e/ou privilegiadas. Se você não for o destinatário ou a pessoa autorizada a recebê-la, não poderá utilizar, copiar, divulgar ou efetuar qualquer ação tomando por base as informações nelas contidas. Se você recebeu esta mensagem por engano, por favor, avise imediatamente o remetente e em seguida apague-a.

Assecom /MP