9 de fevereiro de 2017

PF aponta propina a Pezão. Crise se agrava e o Governador, vai renunciar?

Abaixo, trecho da reportagem de Ítalo Nogueira:
 
A Polícia Federal afirmou nesta quinta-feira (9) à Justiça Federal ter encontrado indícios de que o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), recebeu propina do esquema do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). 

Em razão disso, sugere o envio do caso ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Os indícios são seis bilhetes encontrado na casa de Luiz Carlos Bezerra, ex-assessor de Cabral apontado como operador financeiro da quadrilha, durante a deflagração da Operação Calicute, em novembro. Nele, há referência a "Pezão".

De acordo com a interpretação dada pela PF, o escrito é uma "possível referência à propina para a Pezão". Cinco bilhetes referem-se possivelmente ao controle de um pagamento de R$ 140 mil. O sexto indica a transferência de R$ 50 mil.

Em razão da aparição do nome de Pezão, o delegado Antônio Beaubrun Junior sugeriu o envio do caso para o STJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário