Cadê a Merenda Prefeito? Escolas da Zona Rural de Cruzeiro do Sul estão sem Merenda

Escolas da zona rural de Cruzeiro do Sul continuam sem oferecer merenda aos alunos, denunciam pais

Os alunos das unidades de ensino da zona rural de Cruzeiro do Sul continuam sem receber merenda escolar. A denúncia foi reiterada na manhã desta quinta-feira, 4, por pais de alunos revoltados com a situação. O secretário de Educação e vice-prefeito do município, Zequinha Lima (PP), voltou a afirmar que houve atraso no processo de licitação para a compra de alimentos destinados a estudantes residentes fora do perímetro urbano.

Ele prometeu para a próxima terça ou quarta-feira a normalização da oferta de merenda para os alunos da área rural. Vinte dias atrás, a reportagem entrou em contato com Zequinha Lima para tratar sobre o mesmo assunto, e ele garantiu que a normalização no fornecimento de alimentação dos alunos se daria em 15 dias.
Na ocasião, o secretário de Educação do município não soube informar quantos estudantes de escolas rurais estavam sem merenda.

Marcha lenta
 
A ineficiência da gestão do atual prefeito Ilderlei Cordeiro (PMDB) pode ser observada também quando o assunto é a remuneração dos cuidadores das escolas municipais de Cruzeiro do Sul. Eles não foram incluídos na folha de pagamento de abril. Por isso, este mês, só receberão o salário de maio. O valor retroativo, segundo Zequinha Lima, será pago em junho ou julho deste ano.

A prefeitura também não fez a distribuição dos kits escolares para crianças de baixa renda da zona urbana e rural. Mais uma vez, de acordo com o secretário de Educação – que falou ao programa Bom Dia Juruá desta quinta –, houve atraso na licitação destinada à aquisição de material escolar.

 Archibaldo Antunes - antunes.acre@gmail.com
Corresponde do AC24Horas no Vale do Juruá

Share this:

Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário