A favor do crime de Corrupção do aliado Temer

Da bancada acreana somente os peemdebistas Jessica Sales e Flaviano Melo tiveram a cara de pau de afirmarem em enquete promovida pelo jornal O GLOBO de que são contrários a que a denúncia contra Michel Temer seja aceita no Congresso. Na prática isso significa ‘varrer para debaixo do tapete’ a gravíssima denúncia CRIMINAL da PGR de recebimento de vantagens indevidas oferecidas por Joesley Batista por intermédio de Rocha Loures. Loures foi preso pela PF com uma mala de dinheiro. O áudio de Joesley, já periciado pela PF, liga-o diretamente a Michel Temer.
 
Além dos 500 mil reais, Janot afirma que o presidente aceitou uma promessa de R$ 38 milhões em vantagem indevida.

O deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), relator da denúncia contra Michel Temer (PMDB) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara dos Deputados, recomendou o prosseguimento do processo na tarde de segunda-feira (10).

“A presente acusação contra o Presidente Michel Temer é grave, e ela não se apresenta inconsistente, frágil e desprovida de força probatória aptas a possibilitar que nossa Egrégia Casa Legislativa denegue a necessária autorização para que se instaure um processo penal”, diz o voto do deputado.

Voto pelo Impeachmeant

Jessica Sales e Flaviano votaram pela admissibilidade do processo de impeachmeant contra a então presidente Dilma Roussef. A acusação de ‘pedaladas fiscais’ – uma manobra orçamentária, nem de longe se assemelha às acusações de recebimento de vantagens indevidas.

Mesmo a defesa partidária não explica suficientemente as defesas intransigentes de Jéssica e Flaviano. Basta lembrar que o voto do relator, também do PMDB, foi duríssimo.
Mais do que apenas a sigla, o voto dos peemedebistas Flaviano e Jessica se explica pela quantidade de cargos federais que ambos vem indicando no Acre.

Indeciso
Alan Rick (PR) afirmou estar ‘indeciso’ com relação ao seu voto. Ele também faz parte da base de apoio à Michel Temer.

FPA

Dos votos da Frente Popular, não poderia se espera posicionamento diferente. Moisés Diniz (PCdoB), César Messias (PSB), Léo de Brito (PT) e Raimundo Angelim (PT) declararam voto favorável à aceitação da denúncia. São oposição e não há surpresa no voto, contudo não custa repetir: a denúncia contra Temer é alguns ‘anos-luz’ muito mais grave do que a que coube contra Dilma. Enquanto a presidente eleita foi afastada por manobras orçamentárias, Temer é acusado de receber pessoalmente vantagens indevidas com comprovação de materialidade (dinheiro na mala) e um áudio que o liga ao caso.

Coerente 

Já o Major Rocha (PSDB), não se mostrou constrangido em relação a isso, e mesmo sendo parte da base de apoio ao PMDB, declarou ser favorável à aceitação da denúncia contra Temer.

Share this:

Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário