Márcio Bittar faz as malas do PSDB e procura PMDB

PMDB diz que não dar garantias de candidatura ao senado

 Luis Carlos Moreira Jorge  
O ex-deputado federal Márcio Bittar fez as malas do PSDB e desistiu de ser candidato a senador pelos tucanos. Pelo menos é o que aparenta. Procurou o PMDB e se ofereceu para se filiar e, logicamente, para ser o nome peemedebista ao Senado. A conversa aconteceu por todo dia de ontem com parte da executiva do PMDB e teve como interlocutor o senador Gladson Cameli (PP). Na ocasião Gladson disse que, era apenas o porta-voz de um convite feito pelo ex-prefeito Vagner Sales (PMDB) ao próprio Bittar, para entrar no PMDB. A deputada Eliane Sinhasique (PMDB) fez a honra da casa e disse que Márcio Bittar tem as portas abertas, até pela liderança que representa. Ela nega que ele virá como condição de disputar o Senado e usou o velho refrão que será como soldado. A verdade dos fatos é que Márcio Bittar sempre sonhou com a possibilidade de ser o nome do PMDB a senador. Falta só marcar a data da filiação. Sewr o candidato é uma outra história.
“O candidato a senador sou eu”-Há quatro meses de fato convidei o Márcio Bittar para entrar no PMDB, devido a sua briga dentro do PSDB, até porque gosto dele. Mas não lhe fiz nenhum convite atual, muito menos para ser o candidato a senador do PMDB, reagiu ontem o ex-prefeito Vagner Sales. “A minha candidatura a senador é uma questão pessoal e uma decisão da direção nacional do partido. Não poderia então convidar o Márcio para ser candidato. Mas a respeito da sua entrada no PMDB e sou a favor, porque é uma grande liderança”, assegurou Vagner.
Previsão negraPara o ex-prefeito Vagner Sales a oposição tem que entrar nos eixos. Avalia que, se a oposição sair com três ou quatro candidaturas ao Senado está abrindo a possibilidade do PT ficar com as duas vagas. O PMDB, como maior partido da oposição não pode deixar de ter um nome ao Senado, diz. Ou seja, o jogo do Senado ainda dará muitos panos para as mangas na oposição.
Avaliza, mas nega autoriaO presidente do PMDB, senador Flaviano Melo, nega a autoria do atual convite para o Márcio Bittar se filiar ao PMDB. “Cheguei a lhe convidar quando ele perdeu a eleição de governador, mas ele se negou”, explicou Flaviano. Sobre a sua vinda diz que da sua parte não tem obstáculo. Mas que a questão da disputa do Senado ele tem que se entender com o ex-prefeito Vagner Sales (PMDB), que andou anunciando que será candidato a senador.
Corpo foraComo uma raposa política, o deputado federal Flaviano Melo (PMDB) tratou de tirar o corpo fora. Não deu nenhum aval para a candidatura a senador do Márcio Bittar pelo PMDB.
Nas mãos do VagnerO que se pode deduzir, disso tudo: primeiro é que as portas do PMDB estão abertas para o Márcio Bittar se filiar ao partido. E segundo é que, ele não tem a garantia de que entra sendo o candidato a senador. Só será se o ex-prefeito Vagner Sales quiser. Ponto final e não se discute.
Resolveu em parteO ex-deputado federal Márcio Bittar resolveu em parte a sua situação entrando no PMDB. Livra-se da pressão do grupo do deputado federal Major Rocha (PSDB), mas entra no PMDB sem a garantia plena de ser o escolhido para o Senado.
Rocha adorandoQuem deve estar gostando de toda esta história é o deputado federal Major Rocha (PSDB), que com seu grupo dominará por completo o partido. Este será mais um argumento para o Rocha mostrar à direção nacional do PSDB a “infidelidade” do adversário. Deve estar rindo.

Share this:

Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário