9 de agosto de 2017

Doria trai Alckmin e fala em delação-bomba sobre seu cunhado

SP 247 - Formalmente aliados, Geraldo Alckmin e João Doria estão em pé de guerra. 
De olho no Planalto em 2018, a criatura agora tenta derrubar o criador.
Não é segredo, Doria está fazendo gato e sapato de Alckmin. Não há um tucano paulista, dos bem autênticos, que não tenha uma história para contar sobre o bombardeio do prefeito contra quem ele imagina ser o seu adversário interno.

interlocutores têm saído horrorizados com a má propaganda e a baixa perspectiva quanto a Alckmin: Doria não perde oportunidade de dizer que vem aí uma bomba, uma delação irrespondível, que esse "negócio de cunhado" é difícil... Enquanto espalha perfídias, o prefeito se solta pelo Brasil, não fica em São Paulo, vai abrindo picadas para sua candidatura presidencial.

Alckmin não está parado. Propõe prévia neste ano porque o favorece e derruba Doria, provocando-o a se inscrever. Mas se não conseguir a legenda, pergunta-se: Doria fica no PSDB?
Provavelmente, não. 
As informações são de Rosângela Bittar, no Valor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário