Aécio e Temer apavorados: CPI da JBS é instalada



A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga as atividades da JBS e da holding J&F foi instalada nesta 3ª feira (5.set.2017) no Congresso.

Já foram apresentados 7 requerimentos com convocações para depoimentos. Eles precisam ser votados na próxima semana. Os pedidos são para que compareçam ao Congresso para prestar esclarecimentos o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, dos donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, do ex-diretor da empresa Ricardo Saud, do ex-procurador Marcelo Miller, dos ex-presidentes do BNDES Luciano Coutinho e Demian Fiocca.

O colegiado é formado por deputados e senadores. O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) foi eleito presidente da comissão e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) o vice-presidente. A escolha do relator ficou para a próxima semana. O presidente da comissão indicou que deve ser escolhido 1 deputado.

Ataídes Oliveira disse que o objetivo da comissão “não é retaliar a Lava Jato“. “O polêmico acordo que permitiu liberdade e vida boa aos dirigentes da JBS precisa, sim, ser muito bem explicado“, disse. “Até para esclarecer dúvidas que agora vêm à tona sobre a atuação do judiciário e do Ministério Público, com a divulgação de novos áudios da JBS e a declaração do Procurador Geral da República de revisar o acordo“.

O presidente da comissão defendeu que o grupo vá além do acordo de delação e se debruce sobre a relação entre o grupo e o BNDES.

Fonte: poder360

Share this:

Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário