20 de outubro de 2017

Preconceito se Espalhando: Estudante da UFAC é vítima de racismo em sala de aula


A estudante de pedagogia da Universidade Federal do Acre (Ufac), Campus de Cruzeiro do Sul (CZS), Kethyla, 18 anos, foi vítima de racismo dentro da sala de aula. O fato aconteceu na última quarta-feira, 18 de outubro.
 
De acordo com familiares, alguém deixou uma carta com várias ameaças e conteúdos racistas junto ao material escolar da jovem. Ao  verificar o conteúdo, ela teria ficado extremamente abalada, pois ela é descendente de indígenas e se tratava de ofensas a raça.
 
Ainda segundo os parentes, ela é considerada uma aluna exemplar pelos professores, é esforçada e muito dedicada. A carta traz frases como: "O que você está fazendo aqui?, não sei quem tevê a brilhante ideia de misturar pessoas normais com índios, raça nojenta, acho desnecessário é a tua presença na turma, vai tomar caiçuma e ter uns 11 meninos na aldeia, cabocla nojenta", diz trechos da correspondência.
 
A carta termina dizendo: "Saiba que tu tem um grande inimigo aqui, que vai te infernizar até tu desistir". A jovem registrou uma notícia crime na delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Sul e aguarda as providências das autoridades para identificar os responsáveis pelos crimes.
 
"É inadmissível que um ato como esse ocorra dentro de uma instituição responsável pela educação superior do nosso estado. Queremos justiça", disse um primo de Kethyla, que preferiu não se identificar.

 Da redação, Portal NH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário