10 de janeiro de 2018

"Não temos presidente, temos um refém", diz Kátia Abreu



José Cruz / Agência Brasil
  
"Nada mais me assombra. Nada", enfatizou. "Chegamos ao fundo do poço. Não temos presidente. Temos um refém", disparou a parlamentar em sua conta no Twitter.

Em seguida ela fez outro post explicando a comparação. "Se você separar 1000 vacas dos seus bezerros por 3 dias e depois juntar de novo, todas encontram seus bezerros pelo cheiro. Pode demorar mas encontra. Vaca não reconhecer seu bezerro é o fim do mundo. É quase impossível", completou.

Em recente entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Kátia Abreu disse que o Brasil vive uma "crise gigante gerida por nanicos".

Sobre a expulsão dela do PMDB, agora MDB, a senadora classificou como um movimento de "truculência".

"A minha opinião era divergente, apenas isso. Tem determinados tipos de canalhas que além de serem covardes são machistas. O que eu fiz que Requião não tenha feito?", indagou.
 

Do Portal Vermelho, com informações do Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário