10 de janeiro de 2012

Os Meninos e o Povo no Poder


A Juventude Acriana vive um momento de instabilidade Política. Uma geração começou a vivenciar os fatos Políticos e Sociais, entre o fim do Esquadrão da Morte e a reconstrução de uma nova ordem Pública, isso com a primeira grande vitória de uma Frente Política, chamada de Frente Popular do Acre.

De lá para cá muitas coisas mudaram, as políticas Públicas de Juventude ganharam um desenho e o mais importante; saíram para a prática. Com gestões populares e estrategicamente bem implementadas, fomos desfrutando de nossas primeiras conquistas.
O movimento de Juventude, puxados principalmente pelo movimento estudantil, ganhou renovação e passou a ser fundamental nas suas formas de atuar e buscar uma nova sociedade.
Mas sem querer mencionar tudo detalhado de lá até os dias atuais, concordemos em uma coisa; a juventude deixou de lutar, acreditar em seus ideais.

Precisamos mudar um pouco essa realidade. Essa juventude que só que saber de TV, Internet e Baladas, precisa ser conduzida novamente a se inserir no processo de renovação das idéias. Não queremos somente balançar as bandeiras e distribuir os folhetos de pessoas que roubam nossas idéias.

Precisamos ocupar os espaços de poder e mostrar que seja em que esfera for, as idéias da juventude precisam serem somadas ao velho conhecimento.  Que feio fica um parlamento; sem uma cara jovem, sem mulher, sem negro, etc...

Precisamos chamar a juventude acriana para colocar o debate eleitoral de 2012 em pauta, dizer que queremos fazer parte do processo, das mudanças e que estamos atentos as ações que nos empurram de goela abaixo, sem antes nos ouvir.

É pensando nisto, que a UJS Acriana quer sair na frente. Em quase todas as regionais, se discute caras novas, pensamentos reformados para o parlamento de alguns municípios do Acre.

Potencial temos. Ousadia também, disposição é o que não falta... agora é afinara o debate, unificar o projeto e difundir entre essa imensa parcela da sociedade.

Em Cruzeiro do Sul a UJS cumpre seu papel a muito tempo, uma entidade que deixou de ser apenas uma representação juvenil e se tornou uma referência no movimento social.

Estar de parabéns a direção da UJS de Cruzeiro do Sul, ao bater o martelo e decidir lançar uma candidatura, que pleiteará uma das vagas na Câmara Municipal este ano,muita alegria e irreverência não faltará .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe Seu Comentário